Blog

Tendências e novidades sobre tecnologia e negócios

19/11/2020 | 3 min de leitura

AMcom

Conectamos pessoas à tecnologia para transformar vidas.

RDAComo tornar seus processos mais rápidos e seguros? 

As empresas estão em uma busca incessante por melhorias de processos que aumentem sua produtividade e otimizem seus custos. Além disso, essas empresas também já conhecem e, portanto, se sentem mais seguras para investirem em RPA (Robotic Process Automation).  

Mas existe um tipo de automação de processos que vem ganhando muita popularidade nos últimos meses. Esse processo tende a aumentar ainda mais a sua popularidade no cenário em que vivemos, principalmente pelo fato deste processo atender particularidades que o RPA não atende. E é por isso que hoje quero falar com você sobre RDA. 

Mas a final o que é RDA?  

RDA significa, em inglês, Robotic Desktop Automation, ou então Automação Robótica de Desktop. No geral, a tecnologia consiste em artefatos de robotização de processos pensados para possuir interação humana. Ou seja, a maior parte do processo é robotizado, mas uma pequena parte ainda fica dependente de interação humana, seja para validar informações, realizar inputs de informações de alta cognitividade ou ainda, solicitar alguma aprovação manual durante o processo. 

Para você entender na prática, vou exemplificar melhor… 

Pense em um processo de pagamentos onde o robô seria responsável por buscar todos os valores que serão pagos via boleto no site de um banco. O robô ficaria responsável por buscar os títulos de pagamentos, validar se os códigos de boletos estão corretos e pagar no site do banco. Até aqui, todo o processo é automatizado.  

Porém, acontece que muitos bancos têm medidas de segurança que exigem a interação humana, que pode ser via Token, recaptcha ou teclados virtuais. Mesmo que hoje já existam ferramentas que realizam a quebra desses validadores, o esforço no desenvolvimento acabaria tornando o benefício baixo e inviabilizaria a robotização. Sendo assim uma solução interessante é implementar o RDA.  

Com isso o analista acompanharia a execução do artefato enquanto ele processa os dados e no momento da validação no banco teria apenas o trabalho de realizar o input do código do token, por exemplo. Assim, após essa pequena interação, o robô seguiria com os pagamentos até o final do processamento.  

Além disso, para aproveitar o esforço, o analista poderia validar durante o processamento se existe algum boleto que foi lançado com a data de vencimento incorreta ou com uma diferença de centavos, por exemplo. Essa “dupla” de trabalho é extremante eficaz para o aumento da performance e até mesmo otimização de custos das empresas. Isso porque estas falhas acontecerão cada vez menos e os erros em boletos serão vistos mais cedo, podendo causar algum tipo de retorno do pagamento desse título no banco. 

Interessante não? Então se você ficou curioso para entender mais, entre em contato conosco! Ainda assim, acho bem pertinente falarmos um pouco sobre as ferramentas de RDA existentes no mercado. 

Ferramentas de RDA 

A principal ferramenta de RDA no mercado hoje é o Pega System, sendo que algumas outras, menores, também vêm ganhando seu espaço, como a Helpsystems. Também é possível realizar artefatos com interação humana utilizando ferramentas de RPA como as da Uipath, Automation Anywhere ou Blueprism.  

A principal diferença das ferramentas próprias de RDA é que elas possuem funcionalidades específicas e muito interessantes na questão da integração humana. Um exemplo muito prático é a possibilidade de bloquear o botão de salvar caso o usuário esqueça de preencher alguma informação crítica e cognitiva no processo. Isso auxilia ainda mais nas questões de erro humano, quase que os impossibilitando. 

E para concluir… 

Como eu disse no início, a vantagem do RDA é justamente que estes robôs realizam processos que os robôs de RPA não conseguem ou não são indicados. Ainda assim, num momento em que muitas empresas estão olhando para robotização de processos, acredito que ambos: RPA e RDA não só podem como devem andar juntos. Assim as empresas conseguem atender ainda mais processos, clientes e fornecedores, impactando diretamente na produtividade dos times e no aumento das receitas da organização. 

Foi um prazer trazer um pouco mais sobre o RDA para você! Espero que tenha gostado do tema. Caso tenha qualquer dúvida, entre em contato comigo. 

Até a próxima,
RDA


AMcom

Conectamos pessoas à tecnologia para transformar vidas.

Tecnologia

Deixe o seu comentário

O seu e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

Blumenau - SC

Rua República Argentina, 2001 Ponta Aguda - CEP 89.050-173

47 3328-9400

São Paulo - SP

Av. Rebouças, 3970, 17º andar Pinheiros - CEP 05.425-070

11 3434-6553